segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Unidades de Relevo

Seja bem-vindo ao Relevo RS, nosso blog sobre o relevo, o solo e o clima do Rio Grande do Sul, estado onde vivemos. Somos alunos do 3º ano da Escola Estadual de Ensino Médio Nossa Senhora do Rosário, localizada em Santa Cruz do Sul, e este blog surgiu devido a um trabalho proposto pela nossa professora de geografia, Ana Luiza Wagner, onde cada aluno receberia o livro O Espaço Rio-Grandense, escrito pelo professor Igor Moreira e, após pesquisar sobre 8 temas diferentes, formar grupos e criar um blog usando esse livro como base e a internet como complemento.

Em nosso primeiro post, além da nossa apresentação escrevemos uma breve introdução sobre o relevo do RS.


No mapa as partes amareladas representam as regiões com maior altitude, enquanto as partes verdes as regiões mais baixas.

O Rio Grande do Sul apresenta 5 principais unidades de relevo, cada uma com características próprias. Por não se encontrar na área de alcance do choque das placas tectônicas nosso estado, assim como o Brasil, não sofre manifestações significativas em seu relevo, com altitudes não muito altas que vem sendo rebaixadas pela erosão.

O território do estado é formado por rochas magmáticas, sedimentares e cristalinas.

Durante a Pré-História, ocorreram vários fenômenos físicos que foram adaptando as formas de relevo do Rio Grande do Sul, formando, hoje, unidades de relevo diferentes com variadas altitudes, rochas e formas.

No mapa abaixo, podemos ver as 4 grandes unidades de relevo do estado:




2 comentários:

  1. muito bom trabalho, sou professor de Geografia e me decepciono com os trabalhos simplórios de meus alunos.
    Continuem Assim

    ResponderExcluir
  2. Lindo trabalho parabéns o conteúdo está interessante

    ResponderExcluir